Conrado

Entao, vou contar resumidamente a minha experiencia de 6 meses em um pais chamado Nova Zelandia.

A primeira impressao era que eu iria congelar aqui, mas mesmo assim pensei que ia ser irado.

Minha familia era muito gente boa. Mas achei que minha vida de familia iria virar um inferno quando vi que tinha dois irmaos, uma menina de 4 e um menino de 6. Mas no fim eles foram super gente boas.

Meu primeiro dia no colegio foi engracado. Eu conheci mais 4 brasileiros. Um deles sentia falta da familia e era quieto. Uma menina e um menino soh sabiam reclamar e falavam que queriam voltar para a auckland. E outra que parecia estar feliz por estar ali.

O comeco foi estranho, ninguem se conhecia mas agente ficava junto o tempo inteiro e sem querer criamos um elo entre a gente devido a nossa nacionalidade.

O colegio era bom, tem uns caras que sao gente boa, mas tem uns caras meio escrotos que ficam olhando para voce achando que sao gangster, depois voce se acostuma com isso haha. Eu normalmente andava soh com os brasileiros, e ai esta a unica coisa que me arrependi no meu intercambio. Se voce soh anda com brasileiro teu ingles melhora sim, mas de uma forma lenta. Nao estou falando “ Nao ande com os brasileiros “, mas sim dizendo “ faca amigos kiwis”. Porque se voce tem amigos kiwis, em uma roda com os amigos voce se forca a falar ingles. Para mim, o objetivo do meu intercambio, alem de zuar um monte (haha) era aprender ingles.

Nos meados do meu intercambio nos fizemos amizade com os italianos e com alguns kiwis, consequentemente melhorando o ingles haha

As materias no colegio sao faceis, mas sao muito velhas, entao normalmente voce esquece mas vai lembrando a medida que o professor explica.

As festas sao estranhas. Festas sao em casa e normalmente comecam cedo e acabam as 1 da manha ou meia noite. Nisso minha familia era gente boa, porque eu podia voltar a hora que eu quisesse, contanto que eu estivesse bem e falando onde eu estava. Eu soh fiz minha primeira viagem no final do meu intercambio, pois estava esperanda meus pais do Brasil chegarem para conhecer a Ilha Sul. Fui para Fiji. Foi irado, com a agua clara igual a agua de piscina. Fiz la um curso de mergulho, snorkellling e tudo relacionado a agua.

Termino aqui dizendo que, para mim, cumpri o meu objetivo de intercambio, fazendo tudo que pude. Como diz a frase “ quem diz que a melhor parte da vida eh a infancia eh porque nunca fez intercambio” haha. Aproveitem e facam tudo que voces nao fariam no Brasil. O tempo aqui voa. Uma palavra que definiu o meu interambio foi: LOUCO!

Um abraco

Conrado Monteiro